13
Espiritualidade e estilo de vida,  Últimas,  Viagens

Herdade do Pessegueiro – Turismo Rural e Equestre

Para viajar basta existir
Fernando Pessoa
Hi Beautis! Herdade do Pessegueiro!

Herdade do Pessegueiro – Turismo Rural e Equestre!

Para viajarmos em todas as vertentes do nosso Ser, devemos sempre procurar estímulos externos que nos ajudem na libertação de rotinas e quotidianos ferozmente instalados e programados em nós. No meu caso, nada melhor que a Costa Alentejana. Terra que sinto em mim desde sempre, graças à minha costela Alentejana. 
 
Passagem de ano, altura de viragem, de introspecção, e sobretudo o desvanecer de um ciclo. Recebi um convite da Cláudia e do Diogo para passar uns dias na Herdade do Pessegueiro. Para mim foi uma honra, pela localização privilegiada, no “Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina”, mesmo em frente à Ilha de Porto Covo, e sobretudo pela graciosidade e hospitalidade de ambos.
 
A Herdade do Pessegueiro diferencia-se pelo Ruralismo associado à arte Equestre. Numa tentativa de vos passar uma imagem deste sítio, imaginem um monte verde, muito verde, salpicado por flores que ainda nascem tímidas e de seres elegantes que de tamanha energia, emanam áureas coloridas, os cavalos.
O mar derramado lá ao fundo, azul celeste, abraça a terra numa eterna emoção bucólica.
 
As casas são típicas desta zona, bem como toda a conjuntura envolvente. Esta característica potencia uma verdadeira experiência dotada de tudo aquilo que o Alentejo nos pode oferecer.
 
Uma das agradáveis surpresas que tive foi o privilégio de andar a cavalo. O passeio inicia na herdade e culmina na praia. É deveras especial esta experiência. Momentos como este sintonizam-nos à nossa verdadeira essência, e fazem-me, cada vez mais, ter vontade de viver assim, sempre assim. Um encontro, uma celebração com o Universo.
 
Um dos factores que achei interessantíssimo em partilhar convosco, é o factor preço. Sei que existem oscilações dependendo da época que escolham lá ir. Todavia, posso-vos dizer que tinha o preconceito de que andar a cavalo era uma actividade elitista, e de facto é. Contudo, a Cláudia e o Diogo praticam preços que permitem que esta actividade se estenda por mais públicos que aqueles que por definição se espera. Tornando assim, esta experiência mais ecléctica.  

Contactos:
Site: aqui
Facebook: aqui
 
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
Herdade do Pessegueiro
PHOTOS: MARCOS VICTORINO & HERDADE DO PESSEGUEIRO
 
Entretanto, dia 1 de Janeiro, bem cedo, o sol tinha acabado de nos brindar, tive a honra de desbravar uma pura relação com uma égua. Podem ver o vídeo AQUI.
 

Para mim foi uma honra poder aqui estar. Dias fugazes, mas que estarão para sempre em mim.
Agradeço a todos por todo o Amor, em especial à Cláudinha; Didi; Tom; Andreia; Marcos; Paulo, e ao meu cavalo Ulisses.

21 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *