Constipação intestinal
Alimentação, desporto e bem-estar

Constipação intestinal – Sintomas e Tratamento

Hi Beautis! Constipação intestinal!

Constipação intestinal – Sintomas e Tratamento!

A prisão de ventre é um problema bastante comum, mais do que alguma vez possamos imaginar. Regra geral, quem sofre de constipação intestinal tem o que se chama de intestino preguiçoso, ou seja, os movimentos deste órgão são menos frequentes. O que fará com que as idas à casa de banho aconteçam com menos frequência, e quando ocorrem, poderão ser dolorosas. É uma situação que causa muito desconforto, e que traz problemas associados.

Para que possamos identificar se efectivamente tens constipação intestinal, importa referir que aqui não importa muito as vezes que vais à casa de banho. Pois esta frequência varia muito de pessoa para pessoa. Existe sim um padrão razoável, mas de uma forma geral, é algo muito subjectivo. O que realmente poderá ser motivo de alarme é se a evacuação é desconfortável, mesmo se fores à casa de banho todos os dias.

Constipação intestinal

Possíveis causas da Constipação intestinal

Bloqueios no cólon ou reto intestinal
Bloqueios no cólon ou reto pode retardar ou estagnar o movimento das fezes.

Estes bloqueios podem ter várias origens: fissura anal; bloqueio intestinal; cancro no cólon; tumores…

Problemas neurológicos

Doenças que afetam os nervos do cólon e reto muitas vezes podem fazer com que este orgão não trabalhe como deveria. As causas poderão ser: neuropatia autonômica; esclerose múltipla, parkinson, lesão na medula e AVC.

 

Problemas musculares

São doenças que afetam os músculos pélvicos. Estes problemas nos músculos podem causar constipação crônica. Alguns deles são: Muita dificuldade em relaxar os músculos pélvicos e permitir a evacuação; mau funcionamento dos músculos pélvicos ou os mesmos podem estar enfraquecidos.

Constipação intestinal

Beber água é sem dúvida uma rotina que te poderá ajudar muito a regular os teus intestinos e evitar a constipação intestinal. O aconselhável é que bebas dois litros por dia. Se tiveres dificuldade em beber água, experimenta fazer água aromatizada. Por exemplo: Num litro e meio de água junta: 1 pau de canela, um ramo de hortelã, uma rodela de gengibre e umas gotas de limão ou lima. Caso prefiras algo quente, podes fazer um chá, exactamente com os mesmos ingredientes. Dá preferência à água alcalina em detrimento da água acida.

Comer grandes quantidades de produtos lácteos não é nada saudável, e não ajudará em nada na constipação intestinal. Podes substituir o leite de vaca por leite vegetal. Caso gostes de sabores mais amenos e neutros, opta pelo leite de aveia ou amêndoa. O leite de coco também é uma excelente opção para quem gosta do sabor deste fruto.

Fazer desporto é algo que melhora o teu corpo de uma forma geral. Estejamos a falar do teu corpo físico ou energético. Eu comecei a fazer yoga em casa e ajudou-me muito. Sinto o meu corpo mais regulado e equilibrado.

Constipação intestinal

A alimentação é crucial, e neste ponto aquilo que te poderei dizer, é que deves procurar alimentos a sério, e não coisas que fingem ser alimentos. Procura comer mais fruta e mais legumes. E evita ao máximo tudo aquilo que é processado. Ainda mesmo esta semana tomei conhecimento de algo que me deixou de boca aberta. Sabes quantos ingredientes têm as batatas fritas pringles17!!! Eu fiqueiloca, como é possível? Se queres comer umas batatas fritas, mais vale descascares as batatas e fritar em casa. Ficam maravilhosas fritas em azeite! E se optares por as de pacote, tenta escolher umas que sejam mais simples na sua composição.

Tomar um suplemento de curcuma. O Suplemento de Cúrcuma é um poderoso super alimento, as suas fantásticas propriedades são conhecidas há milénios. O Suplemento de Cúrcuma ajuda a prevenir a a tratar casos de cancro. É um poderoso anti-inflamatório; purifica o sangue, controla o colesterol, tem imenso ferro; melhora a funcionalidade do cérebro e melhora a saúde de uma forma geral. Na minha loja de produtos naturais da Tailândia tenho lá o suplemento de curcuma que eu tomo.

Benefícios:

Poderoso anti-inflamatório; Purificador do sangue; Controla o colesterol; A cúrcuma é uma excelente fonte de ferro; Reduz o risco de doença cardíaca; Melhora a função cerebral e diminui o risco de mal de Alzheimer; Cúrcuma pode ajudar a prevenir e até mesmo tratar alguns tipos de cancro; Pacientes com artrite respondem muito bem à suplementação com curcumina e Age na prevenção ao diabetes.

Por mais atenta que estejas, e por mais cuidadosa que possas ser com o teu corpo, é deveras importante que consultes um médico, para que possas ter a certeza do teu estado de saúde. Podes começar por procurar o teu médico de família. Podes marcar a tua consulta online.

 

6 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.