A importância de usar cosmética natural no cabelo
Cabelo

A importância de usar cosmética natural no cabelo

cosmética natural no cabelo

Sentes o teu cabelo resecado e com frizz? Por mais hidratações que uses sentes que as mesmas não surtem muito efeito? Poderá ser dos produtos que aplicas todos os dias nos teus cabelos. Hoje vamos falar da importância de usar cosmética natural no cabelo. Para ilustrar este tema, escolhemos a  marca Aussie. Promete cuidados eficazes, recorrendo a produtos naturais.

Shampoo: É dos passos mais importantes da nossa rotina de cuidados de cabelo. É neste passo que garantimos que o couro cabeludo e os fios ficam lavados e livres do excesso de oleosidade. Todavia, quando estiveres a escolher o teu shampoo, certifica-te que o mesmo não tem uma quantidade absurda de sulfatos. Este ingrediente é responsável por produzir espuma. Por outro lado, a função dele, é lavar bem o couro cabeludo e os fios. O que acontece, é que a maioria dos shampoos têm quantidades muito elevadas de sulfatos. O que resulta num cabelo seco e com frizz. Isto acontece, pois este ingrediente retira em excesso toda a nossa oleosidade natural dos fios. Aqui no blog temos algumas receitas caseiras para lavar o cabelo.

Máscara: Existem vários tipos de máscaras para o cabelo. O intuito que os teus fios estejam livres de silicones e de petrolatums  que por sua vez, impedem que os ingredientes de hidratação penetrem nos teus fios. Aqui no blog temos algumas caseiras, como hidratação com aloe vera e hidratação com abacate. Poderás usar a máscara de hidratação antes da lavagem, ainda com o cabelo sujo e seco. Aplica a mesma por todo o comprimento e raíz. Deixa actuar 20 minutos. Depois lava normalmente, e segue os passos que te são familiares.

A importância de usar cosmética natural no cabelo

Condicionador: É um passo importantíssimo, já que este produto te vai ajudar a celar as cutículas dos fios. O condiconador também tem alguma quantidade de componentes que te ajudam a lavar os fios, mas numa quantidade residual.

Pontas espigadas: É uma zona importantíssima de tratar. É a parte do teu cabelo mais antigas. E por outro lado, a que foi exposta a mais agressões. É deveras importante hidratar esta zona do cabelo. Poderás usar óleos naturais, como de coco, amêndoas doces ou azeite. A importância de usar cosmética natural no cabelo é crucial para que possas manter um cabelo bonito a longo prazo. Existem marcas naturais que são menos agressivas do que a restante oferta que existe no mercado.

14pW1nqJe

Poderás ter interesse: 4 receitas naturais para a queda de cabelo com aloe vera.

10 comentários

  • Avatar

    Rafaela Borges

    Já ando a uns meses a ponderar deixar de comprar os produtos do meu cabelo no supermercado e passar a produtos naturais. Realmente sinto o meu cabelo em mau estado mesmo com tantos produtos.
    Não conhecia essa marca, mas acho que me vou arriscar com ela para ver o efeito. Obrigada pela dica 🙂

    • Neuza Mariano

      Neuza Mariano

      Olá querida Rafaela.
      Há shampoos que não são tão nefastos.
      Procura em especial os de cosmética natural.
      Um grande beijinho querida.

    • Neuza Mariano

      Neuza Mariano

      Olá querida Rafaela.
      Há shampoos que não são tão nefastos.
      Procura em especial os de cosmética natural.
      Um grande beijinho querida.

  • Avatar

    Ricardo Rodrigues

    Li o teu texto e tenho apenas algumas observações a fazer 😉

    1) O condicionador não tem capacidade lavante, mas, tal como referes, poderá limpar o fio do cabelo, ainda que residualmente
    2) Existem produtos “químicos” que também trazem benefícios para o cabelo. Desde que uma pessoa saiba utilizar os produtos e utilize os adequados às necessidades da natureza do couro cabeludo e do estado da haste capilar.
    3) Uma ponta espigada surge quando a cutícula (parte mais externa da haste capilar) rompe e abre ao longo do fio. A solução é cortar as pontas espigadas e não trata-las (dado que não dá para tratar. Desengane-se quem pensa assim). Caso contrário a cutícula continua a abrir e o fio fica todo “estragado”.
    4) Os sulfatos, se andares um bocado atenta aos rótulos , irás perceber que os sulfatos (mesmo em produtos de cosmética “química” – vamos falar assim) estão a ser substituídos por ésteres. Ambos são detergentes, mas estes últimos agridem menos o nosso couro cabeludo. No entanto, é preferível os sulfatos como detergentes do que os utilizados em “champôs micelares” – a última moda que deslipida o couro cabeludo, mas que toda a gente os adora e recomenda (erradamente na minha opinião).

    Espero que não leves a mal esta minha “intromissão”, mas tive que esclarecer alguns pontos que referes aqui 😉

    Beijinhos,
    Ricardo, http://www.opinguimsemasas.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *