Protetores Solares para Bebés e Crianças - 9 Dicas
Alimentação, desporto e bem-estar

Protetores Solares para Bebés e Crianças – 9 Dicas

Hi Beautis! Protetores Solares para Bebés e Crianças!

Protetores Solares para Bebés e Crianças – 9 Dicas

Com os dias mais quentes, torna-se mais convidativo sair para o jardim ou para a praia. Para quem tem crianças e bebés, serão certamente as primeiras idas à praia. Este momento entusiasmante requer alguns cuidados, pois a pele deles ainda é muito sensível. E para os adultos também, nunca é demais relembrar que o sol é o fator externo que mais traz sinais de envelhecimento precoce da pele.

Protetores Solares para Bebés e Crianças devem ser usados a partir dos 6 meses de idade, antes disso não é aconselhado que exponhas o teu bebé ao sol directamente. Poderás leva-lo a passear, mas sempre protegido pela roupa e chapéus. Depois dos 6 meses essa exposição já poderá ser feita, mas sempre com cuidados. A pele deles é frágil, e os raios solares demasiado agressivos para a pele deles. A exposição ao sol poderá causar problemas graves, tais como: queimaduras e cancro da pele.

1 – Dar preferência a formulas especificas para bebés e crianças

Existem muitos protectores solares no mercado, mas para as crianças é importante escolher um protetor que seja formulado para peles jovens, como a dos bebés e crianças. Estas opções são especialmente feitas para crianças, o que evitará algumas potenciais alergias.

2 – Fórmulas à prova de água

É fundamental que o teu bebé esteja de facto bem protegido. Um protetor solar que seja resistente ao suor e água, irá ter uma maior duração na pele.

3 – Reaplicar o protetor solar

É importante teres em mente que o protetor, por norma, só protege a pele 30m após ser aplicado, isto porque ele terá de assentar na pele e secar. Só depois desse processo é que ele protege a pele. Por outro lado, a sua eficácia também tens as suas especificidades no que se prende ao tempo. Após duas horas da sua aplicação convém fazeres uma nova aplicação do mesmo.

4 – Escolher protetores solares que nas suas formulas tenham dióxido de titânio ou óxido de zinco

Isto porque estes ingredientes não são absorvidos pela pele, o que aumenta substancialmente a sua duração na pele, e diminuem o risco de alergia.

5 – Fazer sempre um teste

Usar Protetores Solares para Bebés e Crianças, em muitos dos casos será a primeira vez, por isso será interessante falares com o pediatra e fazer o teste de pele. Aplica uma pequena quantidade do protetor solar no pé do bebé e fica atenta para verificares se a pele desenvolve alguma irritação ou alergia naquela região. Caso não reaja, já sabes que podes usar esse protetor solar. Repete este processo, sempre que comprares um protetor solar diferente.

6 – Horas de maior calor

Evita a exposição solar directa entre as 11h da manha e as 17h. É um horário em que o sol está muito forte, e o bebé ou criança não deve de todo estar exposto ao sol.

7 – Beber muita água e sumos

Os sumos mais conhecidos como detox, podem ser deveras vantajosos para o nosso organismo. Deveremos mesmo tornar um hábito a considerar em nossas rotinas. Se desejas eliminar a prisão de ventre, melhorar a digestão, combater o envelhecimento precoce e perder peso, o sumo verde é ótimo.

Estes sumos são ricos em vitaminas, nutrientes e minerais: aminoácidos, oligoelementos, fitoquímicos e principalmente enzimas. Alguns deles possuem ação antioxidante que melhora a qualidade sanguínea e ajustam o metabolismo, proporcionando uma sensação de bem-estar.

8 – Quantidade de protetor solar

Regra geral, aplicamos o protetor solar como se se tratasse de um creme de dia. Usamos uma quantidade que cubra o rosto todo, e achamos que será o suficiente, porém, estamos redondamente enganadas. Especialmente com a quantidade que aplicamos no rosto.

Para que tenhamos o nosso rosto de fato protegido, devemos aplicar o correspondente a uma colher de sopa de protetor solar, apenas no rosto. Caso prefiras, aplica o protetor solar em três dedos, e de seguida emociona e aplica no rosto. Esta quantidade contempla as orelhas e pescoço.

Aquilo que poderás fazer é aplicar o protetor solar por camadas. Aplica para começar uma camada fininha, uniforme por todo o rosto. Depois de a tua pele ter absorvido um pouco do produto, repete o processo mais duas vezes.

9 – Hidratar a pele após a exposição solar

Nos pontos acima demos particular atenção à hidratação de dentro para fora, mas é deveras importante cuidar da pele de fora para dentro também. Neste ponto falamos de hidratação. Quando falamos de exposição solar falamos também do ressecamento da pele. O calor e o sol fazem com que percamos água, e se não a repusermos iremos sentir a pele seca e desidratada.

Para um Bronzeado Saudável e Seguro, depois do banho, em casa, aplica um creme corporal hidratante, mas é importante que o apliques ainda com a pele húmida. Assim, a tua pele conseguirá absorver mais o creme hidratante. De seguida, poderás aplicar um óleo, este como é um oclusivo, irá evitar que a água evapore, e a tua pele ficará mais hidratada.

 Para terminarmos não poderia deixar de te recomendar alguns Protetores Solares para Bebés e Crianças, escolhe um que tenha SFP50 e que seja mineral. São a melhor escolha certamente. Os protectores solares 30 duram menos tempo, e a reaplicação terá de ser feita de uma forma mais consistente.

Esperamos que tenhas gostado destas dicas, e lembra-te, a pele dos bebés e crianças é deveras sensível.

E por fim, um excelente Verão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.