16 September, 2019Moda, beleza e lifestyle

Design industrial: Sabe como Aplicar e Transformar Ambientes

Hi Beautis! Design industrial!

Design industrial: Sabe como Aplicar e Transformar Ambientes!

Dentro da área de projectos de decoração da actualidade, preza-se muito pelo design aplicado a pequenos apartamentos, tendo em vista que eles estão crescendo em número cada vez mais dentro das grandes cidades. Portanto, pensando em obter um projecto decorativo bastante funcional e, ao mesmo tempo, moderno, muitas pessoas estão optando pelo design industrial.
Esse tipo de estilo de decoração é proveniente dos Estados Unidos, mais especificamente da cidade de Nova Iorque nas décadas de 60 e 70. O sucesso desse design se dá, principalmente, ao visual descolado e urbano que os aspecto industrial dá para ambientes residenciais e empresariais.
Pensando nessa questão, o texto a seguir irá falar mais sobre o que é o design industrial, demonstrando as suas principais características e como aplicá-lo dentro de um ambiente.

O que é o design industrial?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam logo de início, esse estilo não implica em contratar um serviço de instalação de hidrantes no meio do apartamento, pelo contrário. A intenção do design industrial é, basicamente, tentar imitar esse clima de indústria dentro de ambientes comuns, como casas, apartamentos, empresas, entre outros espaços. Assim, esse design tende a transmitir conceitos mais rígidos e, aparentemente, menos aconchegantes (o que não é verdade, já que, se feito da maneira correta, um projecto decorativo industrial pode oferecer bastante comodidade e conforto a um ambiente).
Por essa razão, muitas pessoas podem pensar que talvez seja difícil achar um equilíbrio entre elegância e estética industrial. No entanto, as características deste design favorecem para que ele ganhe cada vez mais adeptos na actualidade.

Quais são as características do design industrial

Apesar do design industrial pressupor um ar mais pesado e sério ao ambiente, é possível fazer adaptações para que ele se torne mais a cara dos moradores, tornando o espaço “industrializado” bastante agradável. Isso é feito através de pequenos detalhes, os quais apesar de não levar ao ambiente um ar 100% industrial, carrega alguns elementos-chave para esse protejo decorativos, os quais serão abordados a seguir.

Design industrial

1) Disposição industrial
Antes de utilizar itens que carregam um carácter mais industrial, deve-se pensar em moldar o ambiente a partir de uma lógica das indústrias. Por isso, os ambientes devem ser integrados. Muitas vezes quartos, cozinhas e camas são cómodos que podem ficar todos juntos, como um estúdio. Isso fornece um maior espaço que teria sido gasto com o levantamento de paredes. Portanto, ao contratar os serviços de empresas de engenharia civil em SP, é preciso deixar claro a intenção de manter o ar industrial, capaz de valorizar a história do espaço.

  • Nesse sentido, as construtoras podem fazer um projecto simples, mas eficaz, contendo itens como:
    Janelas de grande porte;
  • Pisos rústicos;
  • Paredes sem pintura;
  • Cimento queimado;
  • Vigas aparentes;
  • Madeira, metal, pedras e concreto;
  • Utilização de escadas.

Outro detalhe essencial para a montagem de um design industrial é a utilização de instalações eléctricas e hidráulicas aparentes. Ou seja, aplicar um estilo de montagem de tubulação industrial no ambiente é um dos princípios necessários para oferecer aquele suposto ar pesado das indústrias.

O mesmo pode ser feito com as estruturas eléctricas, as quais podem contar com eletrodutos galvanizadas ao invés de colocar fiações dentro das paredes. Assim, complementarmente, pode-se pensar em uma iluminação mais rústica através do uso de luminária industrial e lâmpadas com tons alaranjados.
Todos esses elementos, apesar de parecerem não aplicáveis a um ambiente onde residem pessoas, auxiliam na montagem de um espaço agradável e aconchegante, reutilizando vários itens que antes eram restritos a uma fábrica.

2) Revestimentos característicos

Os revestimentos são ferramentas vitais para oferecer a “cara” do espaço que se está decorando. E com o design industrial não é diferente. Os revestimentos são utilizados para marcar fortemente aquele cenário caracteristicamente industrial.

Nesse sentido, ao invés de contratar uma empresas de manutenção industrial para a aplicação dos revestimentos, não é necessário ir tão longe. Utiliza-se muito alguns elementos marcantes como paredes feitas de tijolos ou até mesmo sem qualquer tipo de pintura. Já para aqueles que não querem perder uma parede somente para deixá-la com tijolos expostos, existe a opção de se utilizar adesivos ou azulejos especiais os quais imitam a estrutura de tijolos ou de outros elementos mais rústicos.

Uma outra opção é utilizar revestimento de borracha em certos espaços dos pisos, usando-o no formato de piso antiderrapante, um item muito presente dentro das indústrias em geral. Isso oferece um ar mais sério ao ambiente, característica fundamental para o design industrial, mas sem perder a elegância. 

Já no caso das portas e janelas, vale a pena investir em estruturas de vidro, como uma porta de vidro com esquadria de alumínio, visto que esse tipo de elemento, apesar de não estar tão presente nas indústrias, ajudam a quebrar o ar industrial pesado que ficaria ainda mais forte se fossem utilizadas portas de aço. Além disso, o vidro colabora para a criação de uma iluminação natural, um elemento sempre muito bem-vindo para quem deseja obter um ar mais rústico.

Design industrial

3) A madeira

Para quebrar ainda mais esse aspecto fechado e, talvez, sem vida das indústrias, pode-se utilizar itens de madeira para oferecer um diferencial rústico para o ambiente (e, consequentemente, dar um sentimento de aconchego e conforto ao espaço). Pensando nessa questão, a madeira deve ser muito valorizada em lugares em que se deseja ter uma sensação de aconchego, fazendo o local contrastar com a típica frieza do estilo industrial.

Uma ideia interessante de uso da madeira, é a utilização de pallets. Estes itens, muito presentes nos galpões de fábricas para suportar o peso de produtos e locomovê-los, podem ser usados como item de sustentação de sofás e camas. Além disso, pode-se optar por pintá-los de tons mais escuros ou claros para dar ao ambiente uma maior vivacidade. 

Portanto, quando for necessário fazer a locação de equipamentos para construção durante a elaboração do design industrial, é necessário tanto comprar quanto pedir para empresas doarem os seus pallets, os quais muitas vezes acabam não tendo muito uso para elas.

4) A reciclagem

No design industrial, a reciclagem pode ser encontrada em dois momentos: durante o reaproveitamento do estilo das fábricas e na hora de colocar elementos decorativos. Afinal, quanto mais “rústico”, melhor.

Nesse sentido, uma opção é reutilizar itens antigos que estavam abandonados, tais como móveis de herança ou até mesmo elementos vintage. Outros itens, como sofás coloridos, luminárias e armários podem ser revitalizados para serem aplicados em outros espaços, colaborando para a criação de um ambiente único. 

Algumas pessoas gostam de utilizar estruturas como baldes metálicos abandonados e pneus para se criar banquetas dentro de uma sala de estar. Também é uma opção bastante interessante e favorável ao meio ambiente. Além disso, pensando nessa ideia de montar um local com ares mais rústicos, é possível investir em placas de estilo vintage e com fotos em preto e branco.

 

5) As plantas

Dentro de um ambiente em que será possível encontrar muito cinza e tons neutros, a utilização de plantas pode ser um complemento muito bem-vindo.

Elas servem para oferecer mais vivacidade e cor para o ambiente industrial. Assim, podem ser colocados vasos de plantas grandes ou pequenas, bem como flores nas paredes e muito mais. No entanto, é preciso ficar atento: tanto as flores quanto quaisquer outros elementos complementares não devem ofuscar o design industrial.

Nesse sentido, as plantas podem ser utilizadas para dar mais vida ao imóvel, tornando-o ainda mais aconchegante para quem mora nele. 

 

6) Móveis funcionais

Como dito inicialmente, o design industrial é geralmente aplicado em locais que não possuem um espaço muito grande. Portanto, talvez seja necessário pensar na instalação de móveis que valorize o interior de cada ambiente residencial.

Além disso, os móveis funcionais tendem a ocupar pouco espaço, deixando grandes áreas disponíveis para a passagem de pessoas, uma característica fundamental que oferece o ar de amplitude, típico das indústrias. Assim, existem uma série de itens que podem ser utilizados, como:

  • Camas com baús;
  • Prateleiras;
  • Armários com espelhos;
  • Gavetas abertas;
  • E muito mais.

Dessa maneira, tendo em vista as informações acima a respeito do design industrial, pode-se perceber que ele, apesar de seguir alguns padrões básicos que favorecem a montagem do clima mais rústico e pesado, também consegue se adaptar ao estilo e ao gosto de cada morador. As possibilidades dentro dessa forma de decorar, são infinitas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Banner
Related Posts

Lâmpada de sal do Himalaia – 8 Benefícios

Hi Beautis! Lâmpada de sal do Himalaia! Lâmpada de sal do Himalaia – 8 Benefícios! Gostas de ter apontamentos em...

Decoração: dicas para mais conforto e arrumação

Hi Beautis! Truques de decoração! Decoração! Sou daquele tipo de pessoa que vai na volta muda os móveis do lugar, e...

Velas flutuantes que repelem mosquitos

Hi Beautis! Solução ecológica para evitar mosquitos! Estas velas flutuantes além de libertarem um aroma fresco, graças aos óleos essenciais...

Mudanças de Primavera

Hi Beautis! “Sê a mudança que queres ver no Mundo” Gandhi Um novo ciclo se instaurou. Época de renascimento e...

Posters de parede – Ilustrações e Arte em tua casa

Hi Beautis! Posters de parede! Posters de parede – Ilustrações e Arte em tua casa! Os sentimentos que nos assaltam em...

Decoração inverno – As tendências da estação

Hi Beautis! Decoração inverno! Decoração inverno – As tendências da estação! Com a nova estação que já chegou surgem novas ideias...

Suculentas e cactos: decoração e como cuidar

Hi Beautis! Suculentas e cactos! Suculentas e cactos: decoração e como cuidar! Ter plantas em casa para além de dar maior...

Inspirações para ambientes – Decoração

Hi Beautis! Inspirações para ambientes! Inspirações para ambientes – Decoração! Uma das grandes tendências de consumo é o viver a casa,...

Humidificador de ar e óleos essenciais

Hi Beautis! Humidificador de ar e óleos essenciais! Humidificador de ar e óleos essenciais! Benefícios! Há uns tempos passou uma...

Comprar decoração online – La Redoute

Hi Beautis! Comprar decoração online! Comprar decoração online – La Redoute! Estamos na Era das compras online. A vida corrida e...

Como ter um closet mais criativo

Hi Beautis! Como ter um closet mais criativo! Como ter um closet mais criativo! Quando mudamos a forma de ver as...

Acessórios de decoração

Hi Beautis! Acessórios de decoração! Acessórios de decoração! Muitas vezes temos em nossa casa os móveis principais, e sobretudo aqueles que...

Loiça de Cozinha em Cortiça – Conforto e Sustentabilidade

Hi Beautis! Loiça de Cozinha em Cortiça! Loiça de Cozinha em Cortiça – Conforto e Sustentabilidade! A cortiça é dos...

Como dormir bem! PASSATEMPO: Almofada Pikolin

Hi Beautis! Como dormir bem! Como dormir bem! PASSATEMPO: Almofada Pikolin Dormir bem é crucial para que possamos estar plenos...

Decoração com Papel de Parede

Hi Beautis! Decoração com Papel de Parede! Decoração com Papel de Parede – Diferentes texturas, criam diferentes ambientes. Viver a nossa...

Comments
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *